Buscar
  • Sermed

Leite Materno, o alimento que vale ouro!

A Organização Mundial da Saúde (OMS) acredita que o aleitamento materno é a maneira ideal para fornecer às crianças os nutrientes que necessitam para um desenvolvimento saudável. Por isso, é considerado um dos melhores investimentos para salvar vidas e melhorar a saúde e o desenvolvimento social e econômico de indivíduos e nações.


O mês de Agosto é conhecido atualmente como “Agosto Dourado ” porque simboliza a luta pelo incentivo à amamentação. A cor dourada está relacionada ao padrão ouro de qualidade do leite materno. É uma cor toda especial, que já percorre o mundo com o seu laço simbólico.


De acordo com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), os bebês alimentados exclusivamente com o leite materno, nos primeiros seis meses, têm 14 vezes menos probabilidade de morrer do que os demais. Porém, atualmente, apenas 41% dos brasileirinhos recebem esse tratamento.

Veja abaixo alguns dos principais benefícios do aleitamento materno:

  • Transmissão de anticorpos da mãe para o bebê;

  • Fortalecimento do vínculo emocional entre mãe e filho. Isto ajudará a criança a desenvolver autoconfiança durante o período pré e escolar;

  • A sustentação da cabeça, que a criança acaba fazendo naturalmente na hora de mamar, é o que vai ajudar a promover o equilíbrio e sustentação para sentar, engatinhar e andar;

  • Todo o esforço para sugar o leite ajuda a posicionar ainda a arcada dentária, a mastigação e consequentemente a deglutição também se tornam mais fáceis;

  • Na questão auditiva, as mamadas estimulam o canal do ouvido e, assim, ajudam a evitar as infecções desta região;

  • É um alimento completo, dispensando água ou outras comidas até os seis primeiros meses de vida do bebê.

Há quem acredite que a amamentação é boa apenas para o bebê, porém esse pensamento é errôneo. A amamentação é um dos momentos mais importantes para aumentar o laço afetivo entre mãe e filho, com grandes vantagens também para as mães, tais como:

  • Acelera a perda de peso;

  • Diminui o sangramento e faz o útero voltar ao normal mais rápido;

  • Reduz a incidência de câncer de mama, ovário e endométrio;

  • Evita a osteoporose;

  • Protege contra doenças cardiovasculares, como o infarto e pressão alta.

O leite materno apresenta as vitaminas, minerais, açúcares, proteínas e gorduras necessárias para a alimentação saudável da criança. Nenhum outro alimento oferece esses benefícios! A primeira mamada pode ser feita ainda na sala do parto, nos momentos iniciais da vida do bebê. Até o sexto mês de vida, não há necessidade da criança tomar sucos, chás, nem mesmo água. Muitas pessoas vão dizer que o bebê está fraco ou com sede, mas isso não é verdade.


O leite possui tudo que o bebê necessita. Lembre-se de que não existe leite fraco!





7 visualizações
  • Grey Facebook Icon

© 2018 Desenvolvido por inovar.me